VI Terras do Toiro

Com a ausência, nesta prova, dos nossos dois escribas habituais, lançamos o desafio aos nossos “estagiários”, para que o report no nosso blog fosse feito por um dos participantes. Como resposta, tivemos não uma, mas sim DUAS crónicas. O que é uma situação inédita na história do nosso blog. Realmente, isto não há fome que não dê em fartura… :)
Sendo assim, e sem mais demoras, fiquem com a estreia em absoluto dos nossos dois cronistas:


Crónica pelo António Fernandes:

"Neste domingo 24/11/2013, a nossa equipa foi representar as cores da BTT APOGMA na já conhecida prova Terras do Toiro, que este ano, para variar, foi uma prova muito rolante e com menos lama do que é habitual, com bons estradões pela lezíria onde tivemos o prazer da companhia de vários animais de cor escura e com para-choques frontal de respeito, que se sentiram em dia de festa tal era o número de convidados no seu banquete matinal.
A prova correu bem, muito ajudou o verão de São Martinho que se prolongou durante 2 semanas, a manhã começou com 4º, mas com o rolar das pernas o frio nem se fez sentir, o percurso muito rolante com uns sigles pelo meio e descidas sem grandes dificuldades, com um cheirinho de areia e alguma lama nas zonas baixas, foi o cocktail desta prova. Como é habitual os abastecimentos a condizer e o pessoal da organização sempre simpático. Prova a repetir."


Crónica pelo Carlos Valério:

"Foi no passado dia 24 do corrente mês que se pedalou para os trilhos das terras ribatejanas, dando-se assim início a mais uma Edição de Terras do Toiro, a VI, prova onde estiveram presentes 8 representantes da Apogma de entre trezentos e alguns BTTistas. Com os termómetros a marcarem 7 graus foi, às 9h00 da manhã, dada a partida para esta bonita prova que serpenteou pelos campos da Companhia das Lezírias. Considerando a chuva que se fez sentir na véspera e sexta feira, a lama não se manifestou, muito por culpa do tipo de solo arenoso que por ali jaz.   
O grau de dificuldade desta prova foi reduzido pois a planície da Companhia das Lezírias a mais não obrigava.
A Apogma esteve representada nas duas distâncias possíveis, 35 e 70 Km, vendo cumprido o objetivo principal por parte de todos os participantes: chegar ao fim.  
Nunca será demais salientar que só com o indispensável apoio da Apogma, através do seu núcleo de Ciclismo/BTT será possível levar o nome da instituição aos mais diversos cantos de Portugal.                                                                              
Viva o BTT!"

Nuno Balhau a olhar para o passarinho.

O grande Valério com um cumprimento especial.

O Abilio disfarçado com a seu impermeável.

O João, uma adição de última hora, a portar-se à altura.

O António Fernandes em grande estilo.

O Pedro a dominar.

O Daniel a estrear-se numa prova pelo BTT Apogma.

Comentários