25 de Abril

25 de Abril, Feriado, e umas valentes pedaladas até ao cimo do monte (38º 53' 39.27" N 9º 5' 27.79" W), onde encontramos o Marco Geodésico Serves que por sinal pertence à família da "1ª Ordem, Pirâmides Quadrangulares, distando entre 30 a 60 km". Os trilhos estavam óptimos, como a chuva foi-se, o sol encarregou-se de secar a lama existente em semanas anteriores.
Ao chegar ao topo, a vista tornou-se incansável de observar, pois até a Arrábida deu um ar da sua graça e contemplou-nos com um magnífico perfil do seu tamanho. Depois de recompor as forças, a descida até Vila Rei, tornou-se numa pequena aventura, comparando com a subida, quase nem foi preciso dar ao pedal, pois o single que tinha-mos pela frente, deu um bom aquecimento a ambos os travões das nossas meninas. Até ao Mato da Cruz, foi subir e subir, para a seguir realizar mais um radical single, até à famosa Calhandriz. A ginga estava boa.

 O objectivo ainda se encontrava ligeiramente longe
 O calor ajudou a secar a lama de alguns caminhos
 A subida, parecia que não nos queria largar
 Objectivo conseguido, sem problemas
 O descanso dos 5 guerreiros
 Mesmo à nossa frente, encontramos o trilho que nos leva a Vila de Rei
 Pedalar... nem pensar
 
É verdade, já vão 39 anos
 Como não podia deixar de ser, os cravos também lá estavam
O descanso dos meninos.


Comentários